Furtos em condomínio: de quem é a responsabilidade e como evitar?

Com a insegurança das cidades, é bastante comum que as pessoas busquem casas e apartamentos em condomínios, a fim de se sentirem mais seguras. Isso porque os condomínios costumam oferecer mais segurança do que casas individuais, por exemplo.  

Ainda assim, vemos acontecerem diversos casos de furtos em condomínio, praticados de diferentes maneiras. Por isso, neste texto, vamos mostrar de quem é a responsabilidade e como evitar furtos em condomínio. Confira!

De quem é a responsabilidade de arcar com prejuízos de furtos em condomínio?

Quando acontecem furtos em condomínio, é comum surgir uma dúvida muito válida: quem paga a conta do prejuízo gerado? Muitas pessoas acreditam ser responsabilidade do condomínio arcar com os valores furtados, porém, na maioria dos casos, isso não se aplica.

Não existe previsão em lei que responsabilize os condomínios por furtos e roubos que acontecem nas dependências dele, já que essas ações podem ser entendidas como “de força maior”, ou seja, como algo que não poderia ser previsto ou evitado pelo condomínio. Por isso, em diversos casos de moradores entrando com ação judicial para serem ressarcidos por furtos em condomínio, o morador acaba perdendo, já que a justiça desobriga o condomínio de arcar com o prejuízo.

No entanto, quando há previsão de responsabilidade, por parte do condomínio, de cuidar da segurança de bens e pessoas que vivem nele, esse cenário pode ser diferente. Em muitos condomínios, existe a previsão, em regimento interno aprovado em assembleia, de responsabilização pela segurança de veículos e bens de moradores, por exemplo. Nesses casos, os prejuízos por conta de furtos em condomínio devem, sim, ser pagos pelo condomínio.  

Como evitar furtos em condomínio?

Existindo ou não a responsabilidade de arcar com prejuízos no caso de furtos em condomínio, é importante que o síndico invista sempre em oferecer maior proteção para moradores e funcionários do condomínio. Nesse sentido, existem três ações essenciais e relativamente simples de serem executadas e colocadas em prática no dia a dia. Confira!

Instalar equipamentos de segurança eletrônica

Para prevenir furtos em condomínio, é fundamental contar com equipamentos e profissionais voltados unicamente para esse fim. Nesse sentido, a contratação de uma empresa de segurança eletrônica pode ser um caminho interessante, já que ela geralmente oferece serviços de portaria eletrônica ou presencial, para monitorar e registar o acesso de condôminos e funcionários, agentes de segurança realizando rondas ou monitorando o espaço a partir de guaritas instaladas em posições estratégicas, e instalação e monitoramento de câmeras de segurança, a fim de verificar movimentações estranhas nos espaços comuns. 

furtos em condomínio

Conscientizar moradores

Outro ponto essencial para evitar furtos em condomínio é conscientizar os moradores a respeito de sua própria segurança. Realizar palestras com dicas e formas de conduta no dia a dia e em situações suspeitas e fornecer materiais educativos sobre o assunto são dois caminhos bastante válidos nesse sentido. Incentivar que os moradores se conheçam, participem das reuniões de condomínio e zelem pela segurança uns dos outros também é essencial.

Instruir porteiros e demais funcionários

A portaria é um dos principais responsáveis por evitar furtos em condomínio, já que é capaz de verificar e controlar quem acessa os espaços comuns. Por isso, é muito importante que os porteiros sejam muito bem treinados e orientados sobre suas funções e sobre as formas de prevenir furtos em condomínio. 

Além disso, também é essencial orientar os funcionários do condomínio sobre condutas apropriadas para evitar furtos em condomínio, tais como estar sempre atento enquanto realiza seu trabalho, por exemplo, e não permitir que pessoas desconhecidas acessem as áreas comuns junto com eles, “pegando carona” no acesso ao condomínio. 

Como você deve ter percebido, evitar furtos em condomínio é responsabilidade de todos, mesmo que o condomínio não seja obrigado a pagar os prejuízos de um eventual furto. Então, acompanhe nosso blog e confira muitas outras dicas sobre segurança em bairros e condomínios. E para conhecer o aplicativo Bairro Seguro, acesse nosso site!