Se você está pensando em mudar de cidade – seja porque recebeu uma oferta de emprego, seja para estudar ou tentar uma nova vida –, você precisará considerar alguns fatores antes de decidir e depois, para arrumar tudo para a transição.

Assim, para ajudar nessa missão, elencamos, a seguir, alguns fatores que você precisa levar em conta ao se planejar para mudar de cidade. Confira!

As finanças

Mudar de cidade certamente envolve muitos fatores e, para se preparar para todos eles, é preciso cuidar das finanças. Para isso, liste e organize os gastos que terá tanto com a mudança (transporte das suas coisas, seu e de sua família) como com as casas antiga e nova.

É bastante comum precisar fazer reparos e pintura em casas ou apartamentos ao desocupá-los, especialmente se forem alugados. E a casa nova talvez demande, também, alguns ajustes, como algum móvel ou eletrodoméstico novo ou outros itens que podem ser necessários.

Por isso, faça listas ou planilhas com todas as despesas que você terá com empresa de mudança, viagem, aluguel ou parcela da casa nova, reparos na casa antiga. Faça também algumas estimativas de gastos com serviços que você ainda não contratou ou não pagou a primeira mensalidade, como água, energia e internet, por exemplo. Considere também o condomínio da casa nova, se houver, e o transporte que você irá utilizar para se locomover na nova cidade.

Por fim, certifique-se de que todas essas despesas irão caber em seu orçamento, para que você não comece endividado a sua vida na casa nova.

A segurança da cidade e do bairro

Escolher uma nova cidade não é uma tarefa fácil, com certeza. Já demos algumas dicas para você aqui no blog – aqui e aqui – de destinos possíveis para sua nova vida. Mas se você vai mudar de cidade porque recebeu uma oferta de trabalho ou estudo, não poderá escolher a cidade, é claro, mas pode decidir, ao menos, em que bairro vai morar.

Já apresentamos aqui no blog algumas dicas para escolher um bairro tranquilo. Também demonstramos quais os bairros mais seguros de algumas grandes cidades – Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo –, tudo para que você tenha segurança em sua escolha.

E ainda mais importante do que escolher bem o bairro onde vai morar, é essencial estabelecer vínculos com a vizinhança, pois uma rede de vizinhos bem estabelecida pode aumentar a segurança do bairro, o que é um diferencial importante, especialmente em grandes cidades.

 

A estrutura da casa nova

Como você vai mudar de cidade, ficará complicado recorrer à casa antiga caso falte algo na casa nova. Por isso, garanta que toda a estrutura da casa para onde você irá se mudar já esteja funcionando quando você chegar.

Para isso, solicite o religamento dos serviços de água, de energia elétrica e de gás enganado, se houver. Caso você não saiba como fazer isso, converse com seus futuros vizinhos antes mesmo de mudar de cidade e já comece a estabelecer vínculo com eles.

Os imprevistos

Ainda que você planeje cada passo a ser dado nesse processo de mudar de cidade, é bastante provável que aconteçam imprevistos. E por mais que você não tenha como saber quais exatamente serão eles (afinal, são imprevistos!), você pode se preparar de algumas formas.

O primeiro ponto para estar sempre preparado para imprevistos é manter uma reserva de emergência, ou seja, ter algum dinheiro guardado ou investido em aplicações de maior liquidez (aquelas que permitem que você tire o dinheiro a qualquer momento). Além do dinheiro, no entanto, há outro fator importante para lidar bem com os imprevistos: a calma. Por isso, esteja preparado emocionalmente, lembre-se de que mudar de cidade é, com certeza, um processo difícil e trabalhoso, mas que, certamente, trará novas experiências muito interessantes.

Gostou dessas dicas? Então acompanhe nosso blog para muito mais conteúdo! E se quiser conhecer os serviços do aplicativo Bairro Seguro, entre em contato com a gente!