As férias das crianças chegaram. É comum que os pais fiquem um pouco perdidos por ter as crianças em casa por tanto tempo. Também é bastante comum que todos tirem férias juntos para poder fazer uma viagem em família.

Já falamos aqui sobre como lidar com a segurança das crianças, mas nas férias são necessários alguns outros cuidados. Por isso, apresentaremos, neste post, 8 dicas para garantir a segurança das crianças nas férias.

 

  1. Certifique-se de que o local onde ficarão nas férias é seguro

Ao viajar para um lugar diferente, seja a casa de algum familiar ou amigo, seja um hotel ou pousada, é bastante importante certificar-se de que o ambiente não oferece riscos às crianças.

Assim, para garantir a segurança das crianças, verifique se não há, ao alcance delas, objetos pontiagudos ou cortantes, produtos de higiene ou limpeza ou qualquer outro elemento que ofereça risco à segurança delas.

Observe, ainda, se as janelas e sacadas têm grades ou redes de proteção. Caso não tenham, verifique a possibilidade de deixá-las trancadas ou de bloquear o acesso das crianças a elas.

  1. No carro, use sempre cadeirinha ou assento apropriados

Tanto para viajar como para andar dentro da cidade, é essencial sempre utilizar o equipamento correto, de acordo com o tamanho da criança, para que ela esteja segura dentro do carro. É comprovado que o uso adequado de bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação evita a morte de crianças em 71% dos casos de colisão de veículos.

Por isso, garantir a segurança das crianças, tanto nas férias como em qualquer outra época do ano, significa também mantê-las seguras dentro do carro.

  1. Cuidado redobrado na cozinha!

Ao utilizar o fogão, prefira as bocas de trás, para diminuir riscos de queimaduras, e vire para dentro os cabos das panelas, para evitar que as crianças esbarrem neles ou peguem e virem as panelas quentes.

Também para garantir a segurança das crianças, é importante não reutilizar garrafas de refrigerante para guardar produtos de limpeza ou substâncias tóxicas. Além disso, mantenha esses produtos sempre fora do alcance das crianças, de preferência em armários altos ou com trancas.

  1. Tome cuidado em espaços com água

Nunca deixe as crianças sozinhas em espaços com água, tais como banheiras ou piscinas, ainda que haja pouca água. Sempre esvazie a banheira depois do banho e a piscina depois de brincar. Quando não for possível esvaziar a piscina, certifique-se de que as crianças não terão acesso a ela sem a supervisão de um adulto.

  1. Verifique a segurança de parquinhos e playgrounds

Nas férias, os playgrounds e parquinhos de condomínios e praças fazem toda a diferença na hora de possibilitar que as crianças gastem bastante energia. No entanto, para garantir a segurança das crianças, é importante verificar o estado de conservação e a segurança dos brinquedos desses espaços.

Além disso, é essencial que sempre haja um adulto para supervisionar as crianças. E nessas horas, uma rede de vizinhos pode ser ainda mais útil, especialmente se há parquinhos ou playgrounds no seu condomínio. A possibilidade de deixar as crianças brincando entre si por alguns momentos é ótima para dar algum descanso aos pais.

  1. Tome cuidado com as plantas

Plantas embelezam e dão mais vida para qualquer espaço, não é mesmo? No entanto, quando se tem crianças em casa, é essencial garantir que as plantas não sejam tóxicas ou venenosas e que não tenham espinhos. De qualquer forma, é recomendável deixar as plantinhas fora do alcance das crianças, para evitar acidentes.

  1. Verifique os brinquedos das crianças

Para garantir a segurança das crianças, é importante também se certificar de que os brinquedos que elas vão usar para soltar sua imaginação não contêm peças pequenas demais ou partes soltas, nem arestas ou pontas afiadas. Essa simples verificação protege as crianças de engasgamento, asfixia, cortes e arranhões, por exemplo.

 

 

  1. Tome cuidado com escadas e elevadores

Se vocês forem ficar em uma casa que tenha escadas, faça bloqueios para que a criança não suba nem desça a escada sozinha, pois isso pode ser bastante perigoso.

Além disso, para usar escadas rolantes, segure a criança pela mão todo o tempo e, em hipótese alguma, deixe que suba ou desça escadas, rampas e elevadores desacompanhada. Além de isso ser uma norma dos estabelecimentos, é essencial para garantir a segurança das crianças.

Gostou dessas dicas? Então acompanhe nosso blog para ver muitas outras formas de proteger sua família e sua casa. E se quiser saber mais sobre o aplicativo Bairro Seguro, acesse nosso site.